CARACTERIZAÇÃO E ANÁLISES DE UMA UNIDADE FABRIL DE BATATA.

Ediléia Camila Fernandes Buture, Juliana Vitória Messias Bittencourt, Mariana Machado Fidelis do Nascimento

Resumo


O presente artigo tem como objetivo caracterizar uma indústria de batatas fritas e realizar alguns estudos estatísticos durante o acompanhamento do processo produtivo da própria. Para tanto, se buscou revisar os conceitos relacionados ao consumo nacional e internacional de batata fritas e a importância econômica da batata frita no mercado produtivo, ao controle da qualidade e ao CEP (controle estatístico de processos).

Durante o acompanhamento da produtividade da unidade fabril, dados foram coletados, e de igual forma, dados retrospectivos desse processo também foram obtidos para uma análise estatística; tabelas e gráficos foram gerados possibilitando o desenvolvimento de um controle estatístico da produtividade da instituição. Através das análises, foi possível avaliar a quantidade de perdas diárias de batatas fritas e embalagens, e a frequência com que elas ocorrem, bem como o rendimento do óleo utilizado. Os resultados mostram a porcentagem de perdas diárias de batatas já frita, e de igual forma das embalagens, mostrando a necessidade da realização de um acompanhamento sistemático, visto que, algumas falhas são percebidas no processo; e que, se inspecionadas e controladas, poderia ocorrer uma melhora significativa na lucratividade da instituição como também atuaria numa possível redução de custos.


Palavras-chave


Controle estatístico do processo;batata frita;ferramenta de qualidade



DOI: 10.3895/rbta.v16n1.13556

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr