Alfabetização científica para crianças da educação infantil: reflexões sobre uma prática pedagógica

Ana Luiza Matos Lopes Sinieghi, Maria Auxiliadora Motta Barreto

Resumo


A prática pedagógica de ensino de ciências, desde a infância, pode promover maior envolvimento da criança com a realidade das ciências, essa prática se apresenta como uma proposta curricular lúdica e interdisciplinar, por meio do uso sistemático de metodologias ativas. Assim, neste trabalho, que teve como objetivo estimular a alfabetização de crianças da educação infantil, foi elaborada e aplicada uma sequência didática com o tema Transformações da Natureza, com ênfase em quatro tópicos: borboletas, minhocas, formigas e terrário, nos quais os alunos deveriam realizar a observação, problematização, planejamento de tarefas e experimentação do conhecimento, com avaliação dessas fases.  A aplicação desta estratégia mostrou-se significativamente positiva, pois crianças, educadores e gestores demonstraram interesse e engajamento na execução das tarefas. Os resultados destacam a possibilidade de inserção da alfabetização científica e metodologias ativas no currículo da Educação Infantil.

Palavras-chave


Alfabetização Científica; Educação Infantil; Metodologias ativas

Texto completo:

PDFA


DOI: 10.3895/actio.v6n2.13253

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 ACTIO: Docência em Ciências

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A ACTIO adota licenciamento  Creative Commons do tipo CC-BY 4.0

Redes Sociais:

facebook                             


                   


ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr