Educação em ciências e sua contribuição no estudo dos problemas sociais dos povos indígenas da Amazônia

Reginaldo Oliveira Nunes, Pedro Guilherme Rocha dos Reis

Resumo


O objetivo desta pesquisa foi refletir sobre a realidade dos problemas sociais enfrentados pelos povos indígenas da Amazônia, bem como a forma que esses problemas podem ser discutidos no currículo de Ciências. Para atingir ao objetivo proposto, foi utilizado questionário composto por oito questões abertas, envolvendo dados sobre os problemas sociais e a educação em Ciências. Os participantes da pesquisa foram 112 (cento e doze) estudantes indígenas em formação no curso de Licenciatura em Educação Intercultural da Universidade Federal de Rondônia. Os resultados demonstram que os problemas sociais diagnosticados têm suas raízes no contato com a sociedade não indígena mediante a processos de disputas por terras, falta de comprometimento dos órgãos governamentais em garantir a demarcação dos territórios indígenas e o não cumprimento do que é previsto na legislação específica. Pode-se observar, que transpor os problemas sociais ao currículo da escola indígena é de fundamental importância às discussões em relação ao que poderá ser feito. Também é necessário buscar soluções que possam beneficiar os povos indígenas, trazendo o bem-estar e bem viver que existiam antes do contato com a sociedade envolvente.

Palavras-chave


Povos Indígenas; Amazônia; Ensino de Ciências.

Texto completo:

PDFA


DOI: 10.3895/actio.v5n3.12101

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 ACTIO: Docência em Ciências

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A ACTIO adota licenciamento  Creative Commons do tipo CC-BY 4.0

Redes Sociais:

facebook                             


                   


ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr