A importância da experimentação no ensino de ciências para o entendimento do ciclo da água: uma proposta para a educação infantil

Ana Carolina Ferreira Machado, Verônica Soares dos Santos, Ivanise Maria Rizzatti

Resumo


O presente artigo é resultado de um projeto desenvolvido com uma turma de Educação Infantil de uma escola pública da Rede Municipal de Ensino de Boa Vista/RR, em que foram avaliadas e aplicadas atividades pedagógicas com o intuito de trabalhar o tema “Água”. O objetivo foi refletir sobre a importância da experimentação enquanto estímulo a aquisição de conhecimentos no Ensino de Ciências desde a Educação Infantil. Neste estudo, a proposta desenvolvida buscava contribuir para a formação de conceitos sobre o ciclo da água na natureza enquanto elemento potencializador da aprendizagem, de forma prática e lúdica. Verificou-se com a realização do experimento terrário que esse tipo de abordagem metodológica diferenciada, utilizada para a fixação de conceitos científicos no Ensino de Ciências, pode ser desenvolvido desde a Educação Infantil, para que assim o aluno cresça estimulado a participar de atividades experimentais, como forma de contribuir para a sua formação integral e sensibilizar para a alfabetização científica.

Palavras-chave


Experimentação; Ensino de Ciências; Educação Infantil

Texto completo:

PDFA


DOI: 10.3895/actio.v4n3.10416

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2020 ACTIO: Docência em Ciências

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A ACTIO adota licenciamento  Creative Commons do tipo CC-BY 4.0

Redes Sociais:

facebook                             


                   


ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr