Idealismo e materialismo: matrizes filosóficas do pensamento educacional

Zinara Marcet de Andrade, Armenes de Jesus Ramos Junior

Resumo


Existem, apesar de inúmeras controvérsias, duas grandes matrizes teórico-filosóficas que orientam a concepção de educação escolar ao longo dos séculos e todos os aspectos que lhe dizem respeito: o idealismo e o materialismo. Cada uma dessas correntes filosóficas teve vários desdobramentos e consequências diversas no fazer docente e, sobretudo, na aprendizagem dos estudantes. Logo, o objetivo do presente texto é resgatar tais concepções nas suas origens a fim de contribuir com a prática pedagógica consciente e que realmente contribua com a qualidade da escola pública e com elevação cultural da classe trabalhadora.


Palavras-chave


Materialismo; Idealismo; Educação escolar

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/rtr.v3n2.9998

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

_______________________

ISSN: 2525-6475

Indexadores, bases de dados e buscadores: Latindex | ERIH PLUS | Sumarios.org | LivRe - Revistas de acesso livre | Academia.edu | WorldCat | EZB Electronic Journals Library | The WZB Berlin Social Science Center | Universitätsbibliothek Leipzig: Elektronische Zeitschriften | Hochschule Zittau/Görlitz | Elektronische Zeitschriftenbibliothek - Universität Hamburg | Berufsakademie Sachsen: BA Sachsen | Diadorim

Indexador de métricas: Google Acadêmico

ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr