Gestão de sala de aula e de conteúdos: saberes experienciais mobilizados por professores iniciantes de Geografia

Larissa Katarina Mendonça, Laêda Bezerra Machado

Resumo


Este artigo analisa os saberes experienciais mobilizados por professores iniciantes de Geografia. Os saberes docentes são múltiplos, provêm de fontes diversas e levam em conta a natureza subjetiva do professor. O artigo resulta de uma pesquisa de natureza qualitativa desenvolvida com três docentes iniciantes de Geografia da Rede Estadual de Pernambuco. Esses professores foram entrevistados e tiveram suas práticas observadas. Os dados foram analisados por meio da técnica de análise de conteúdo. Os achados revelaram nas práticas dos docentes investidas contrárias às características mais tradicionais de ensino. O repertório de saberes experienciais se manifestou de modo mais explícito na gestão da sala de aula e no trato aos conteúdos específicos da Geografia. Frente aos resultados, sugerimos que os saberes experienciais docentes sejam mais reconhecidos e problematizados nos cursos de licenciatura em Geografia.


Palavras-chave


Professor iniciante de Geografia; Saberes docentes; Saberes experienciais

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/rtr.v6n0.13550

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2021 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

_______________________

ISSN: 2525-6475

Indexadores, bases de dados e buscadores: Latindex | ERIH PLUS | Sumarios.org | LivRe - Revistas de acesso livre | Academia.edu | WorldCat | EZB Electronic Journals Library | The WZB Berlin Social Science Center | Universitätsbibliothek Leipzig: Elektronische Zeitschriften | Hochschule Zittau/Görlitz | Elektronische Zeitschriftenbibliothek - Universität Hamburg | Berufsakademie Sachsen: BA Sachsen | Diadorim

Indexador de métricas: Google Acadêmico

ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr