Análise das validades de conteúdo e de construto de instrumentos de avaliação de biologia

Marcelo Alves Coppi

Resumo


O objetivo deste trabalho consistiu em analisar a validade de três instrumentos de avaliação da disciplina de biologia de uma turma da terceira série do ensino médio de um colégio particular de São Paulo, mediante a análise das validades de conteúdo e de construto. A validade de conteúdo compreendeu a verificação psicométrica dos parâmetros de dificuldade, de discriminação e de acerto ao acaso dos itens, os quais foram concebidos e tratados pela Teoria de Resposta ao Item (TRI). A validade de construto se deu por meio da averiguação da consistência interna, através do coeficiente KR (α20), e da função de informação da TRI. Os resultados da validação de conteúdo evidenciaram que os itens dos três instrumentos de avaliação apresentaram níveis de discriminação situados entre os níveis moderado e alto, considerados como adequados, e níveis de dificuldade próximos a 50%, classificados como apropriados para as habilidades dos alunos da turma analisada. Todos os itens dos três instrumentos de avaliação se enquadraram dentro dos valores padrão do índice de acerto ao acaso. No caso da validação de construto, as três avaliações se situaram no nível satisfatório da validade de construto e, portanto, no geral, todas as avaliações foram consideradas válidas.

Palavras-chave


Validade de testes; Avaliação de testes; Instrumentos de avaliação; validade de conteúdo; Validade de construto

Texto completo:

PDFA


DOI: 10.3895/actio.v6n2.13715

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2021 ACTIO: Docência em Ciências

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

A ACTIO adota licenciamento  Creative Commons do tipo CC-BY 4.0

Redes Sociais:

facebook                             


                   


ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr