Dinâmica Industrial e Inovação no Estado do Paraná entre 2004 e 2014

Greice Morais Dalla Corte, Marcelo Lopes de Moraes

Resumo


No processo de crescimento e desenvolvimento econômico, a participação do setor secundário, e seu respectivo nível de produtividade, apresenta papel relevante. Nesse contexto, o objetivo deste trabalho é analisar os índices de produtividade e verificar o desempenho da dinâmica da industrial paranaense. A metodologia empregada consiste no cálculo dos índices de produção e produtividade industrial, no período de 2004 a 2014, e comparar tais indicadores com o nível nacional a luz dos teóricos sobre inovação e produtividade. Os resultados apontam o que o adensamento industrial se mostra como perspectiva de queda, a composição setorial está pautada na indústria de alimentos e que o valor da transformação industrial como proporção do PIB mostra-se acima da média nacional, porém com intenso uso de mão de obra. Destaca-se também que a baixa especialização do Capital Humano resulta em um ambiente estadual com baixa propensão a inovar e, consequentemente, baixa produtividade. Infere-se que elementos determinantes de inovação e produtividade não estão sendo potencialmente utilizados para atingir maiores taxas de crescimento econômico no Paraná.


Palavras-chave


Produtividade; Inovação; Paraná.

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/gi.v14n4.7603

Direitos autorais 2018 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 1808-0448
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr