Edições anteriores


2015

v. 11, n. 1 (2015)

Quando pesquisadores contemporâneos levantaram a questão sobre a complexidade computacional, ressaltando que havia um limite hoje no uso de técnicas para a solução de problemas, técnicas estas pautadas na aplicação da lógica tradicional computacional, que embrionariamente foi iniciada com os trabalhos de Alan Turing, Scott Aronson levantou uma questão: “por que os filósofos deveriam se preocupar com a complexidade computacional?”

A emergência, portanto, na apresentação de novas discussões sobre a técnica fez iniciar um caminho que deverá ir além dos limites de técnicas de gestão baseadas em encadeamentos lógicos tradicionais rumo ao encontro de conhecimentos que venham a aprimorar as ferramentas e os princípios filosóficos aplicados a produção de bens e serviços; seus impactos na sociedade contemporânea mediante a abertura de discussões e novos paradigmas, bem como a apresentação de novas ferramentas e técnicas: esta é a proposta da Revista de Gestão Industrial da UTFPR.

A nossa missão, portanto, é a publicação de pesquisas originais na área de Gestão, abrindo-se, portanto, um espaço para que pesquisadores discutam contribuições impactantes da Engenharia de Produção e suas interfaces com outras áreas de conhecimento, dando assim uma natureza interdisciplinar a esta Revista.

 


2014

v. 10, n. 1 (2014)

A Revista GI, em seu décimo ano de funcionamento está consolidada como um veículo de comunicação de pesquisas em diversas áreas do conhecimento. Atualmente, a mesma está reconhecida na CAPES em 19 áreas do conhecimento, o que amplia a possibilidade para publicações de pesquisadores de diversas áreas. Estamos publicando artigos das seguintes áreas: Administração, Ciências Contábeis e Turismo,  Engenharias I, II, III e IV, Ciências Agrárias I, Ensino, Economia, Arquitetura e Urbanismo, Ciência Política e Relações Internacionais, Planejamento Urbano e Regional/Demografia, Ciência de Alimentos, Interdisciplinar, Ciências Ambientais, Ciência da Computação, Ciências Biológicas II, Educação Física, Saúde Coletiva e Ciências Sociais Aplicadas.

Tamanha diversidade se comprova pelos artigos publicados por pesquisadores vinculados a centros de pesquisas de todas as regiões do país e de outros países.

Assim, ao lançarmos a edição de 2014 da RGI, estamos procurando contribuir com a construção de ideias, conceitos e estudos que buscam o aprimoramento, a consolidação e a divulgação de pesquisas relevantes nas diversas áreas do saber ao qual estamos inseridos.

Boa leitura!


2013

v. 9, n. 1 (2013)

A Revista Gestão Industrial é direcionada a pesquisadores da área de Engenharia de Produção.  Os artigos publicados, continuam a ser com alto padrão de excelência. Isto é assegurado através de processo de avaliação rigoroso pelos membros do conselho  editorial.

A Gestão Industrial abrange todos os temas que tratam da interface entre a engenharia e gestão. Todos os aspectos em relação ao processo de fabricação e industrial, bem como as operações, em geral, são cobertos.  Ainda, aceita artigos de diversas áreas, pois possui extrato em diversas áreas no qualis da base Capes, considerando os ciclos inteiros de atividades, tais como o ciclo de fluxo de material e de informação - fornecimento, produção e distribuição.

O objetivo da revista é disseminar o conhecimento para melhorar a prática industrial e para reforçar a base teórica necessária para apoiar a tomada de decisões.

Prof. Dr. Rui Tadashi Yoshino

2012

v. 8, n. 4 (2012)

Prezados Leitores,

Queremos convidá-los à leitura da 4ª edição de 2012 da Revista Gestão Industrial. Neste número, são contempladas publicações relevantes da Engenharia de Produção e de áreas correlatas, tais como: sustentabilidade, inovação, ergonomia, logística, processos produtivos, programação linear e métodos estatísticos.

Ao finalizarmos o oitavo ano de existência, o leitor pode perceber que a RGI vem contribuindo ao longo destes anos, com a fundamentação de ideias, aprimoramento, consolidação e divulgação de pesquisas relevantes para a Engenharia de Produção e áreas correlatas.

Desejamos que a abrangência dos assuntos abordados nesta edição possam ampliar o conhecimento dos leitores e contribuir para o avanço
técnico-científico da Engenharia de Produção.

Os Editores

v. 8, n. 3 (2012)

Atualmente a Revista Gestão Industrial está passando por um processo de mudanças e vem ganhando cada vez mais respeito da comunidade acadêmica, isso se confirma pelo crescimento expressivo do número de artigos a ela submetidos.

Aproveitamos a oportunidade para agradecer a todos os avaliadores, pelo empenho e dedicação em colaborar com o processo de avaliação dos artigos e, a todos os autores e leitores que tem participado efetivamente e contribuído para o desenvolvimento e reconhecimento da Revista.

Essa terceira edição de 2012 da Revista Gestão Industrial apresenta doze artigos que permeiam os temas: sustentabilidade, gestão da inovação, avaliação de desempenho, satisfação de clientes, qualidade e gestão estratégica.

Informamos que a submissão de trabalhos para avaliação ocorre em fluxo contínuo, sendo aceitos trabalhos em português, inglês e espanhol, nos diversos campos da engenharia de produção.

Desejamos a todos uma boa leitura!

v. 8, n. 2 (2012)

Caro leitor, é com grande satisfação que mais um número da Revista Gestão Industrial é editado. Esta edição contempla dozes artigos científicos com temas que bem representam as pesquisas em desenvolvimento na área de Engenharia de Produção.

Os artigos publicados nesta edição apresentam como temática: Gestão da Produção, Gestão Estratégica e Organizacional, Gestão de Pessoas em Sistemas Produtivos, Gestão da Qualidade, Engenharia de Produção, Ergonomia e Segurança do Trabalho e de Gestão Ambiental dos Processos Produtivos.

A Revista Gestão Industrial agradece a todos pelo interesse na revista, tanto para publicarem seus trabalhos como para obterem conhecimento nas diversas áreas que abrangem o nosso escopo.

Boa leitura a todos!

Os editores.

v. 8, n. 1 (2012)

A Revista GI, em seu oitavo ano de funcionamento se consolida como um veículo de comunicação de pesquisas em diversas áreas de avaliação da Capes. Atualmente, a mesma está reconhecida pela instituição que gerencia a pós-graduação no país como veículo de divulgação de pesquisas em 15 áreas.

Esta diversidade de temas e áreas de avaliação é comprovada pelos trabalhos publicados no presente número da revista, onde constam artigos de pesquisadores e de centros de pesquisas nos seguintes temas: planejamento de layout, tecnologia da informação, modelos de difusão, avaliação de desempenho em gestão do conhecimento, sistemas de gestão produtiva, inovação e formação de estratégias empresariais, determinantes de difusão de custeio na produção, decisão multicritério, avaliação de ciclo de vida, gestão de resíduos e de sistemas produtivos.

Assim, a edição de mais um número da Revista GI visa contribuir com a fundamentação de ideias, conceitos e estudos que buscam o aprimoramento, a consolidação e a divulgação de pesquisas relevantes nas diversas áreas do saber ao qual estamos inseridos.

Boa leitura!

Os editores.



2011

v. 7, n. 4 (2011)

Prezado leitores, 

Nestes sete anos de existência, a Revista Gestão Industrial sempre se mostrou preocupada em publicar artigos de qualidade, nas diversas áreas de conhecimento da Engenharia de Produção. 

Assim a RGI vem contribuindo ao longo destes anos, com a fundamentação de idéias, aprimoramento, consolidação e divulgação de pesquisas relevantes na área da Engenharia de Produção. 

Em sua 4ª edição de 2011, a RGI apresenta uma seleção de 12 artigos científicos, que contemplam temas relevantes nas seguintes áreas de conhecimento: Gestão Estratégica e Organizacional; Gestão da Produção; Gestão Econômica; Gestão do Conhecimento Organizacional; Gestão Ambiental dos Processos Produtivos; Engenharia de Produção, Sustentabilidade e Responsabilidade Social. 

Desejamos que a abrangência dos assuntos abordados nesta edição, possam ampliar o conhecimento dos leitores e contribuir para o avanço técnico-científico da Engenharia de Produção. 

Boa leitura!! 

Os editores

 

v. 7, n. 3 (2011)

A Revista Gestão Industrial publica artigos científicos das mais diversas áreas da Engenharia de Produção, contribuindo assim com o desenvolvimento de estudos científicos e promovendo também geração do conhecimento aos seus leitores.

Esta edição apresenta artigos que abordam temas nas áreas de gestão do conhecimento organizacional, gestão ambiental, segurança do trabalho, gestão da produção, sustentabilidade, gestão econômica, gestão estratégica e organizacional e pesquisa operacional.

Desejamos a todos uma excelente leitura!

Os editores.

v. 7, n. 2 (2011)

Prezados Leitores,

Lisonjeado e com enorme satisfação que comunico que a Revista Gestão Industrial (RGI), do Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Ponta Grossa atinge o seu sétimo volume em 2011, com artigos aprovados que se apresentam para ampliar o conhecimento dos leitores e contribuir para o avanço técnico-científico da Engenharia de Produção brasileira.

Este segundo número do Volume 07 traz doze artigos com temas que envolvem áreas importantíssimas de Engenharia de Produção. A Revista vive um novo desafio: o “Selo ABEPRO 2010-2012”, que a Associação Brasileira de Engenharia de Produção, atendendo à orientação programática do Núcleo Editorial da ABEPRO-NEA, via edital, reconheceu e atestou a qualidade científica da Revista Gestão Industrial.

Sendo assim, a Revista Gestão Industrial entra em uma nova fase da sua existência; continuar com a grande missão de vincular e difundir conhecimentos de Engenharia de Produção, portanto fica mantida a preocupação da contínua incorporação de pesquisadores, especialistas e acadêmicos nacionais e internacionais.

Finalmente, eu e os editores gostaríamos de agradecer imensamente aos autores, avaliadores e aos nossos leitores pelo prestigio e interesse com a Revista Gestão Industrial (RGI).

Desejamos uma boa leitura!

Prof. José Barrozo de Souza – PPGEP-UNIP-SP

v. 7, n. 1 (2011)

Produção global, economia global, competitividade global, mundo globalizado. Esta situação existente nos dias de hoje, mudou a concepção dos processos produtivos efetivados pelas Empresas, e consequentemente a atuação e o foco da Engenharia de Produção. O paradigma anterior, focado principalmente no lucro e no resultado, vem mudando a passos largos em direção à perenidade, a estabilização e a maturidade das organizações. Parâmetros, conceitos e termos muito pouco utilizados num passado bem recente, vem se tornando cada vez mais procurados pelas empresas, representando fonte de preocupação constante e objeto de recentes pesquisas. Estes parâmetros, como: Capital Intelectual, Gestão do Conhecimento, Investimentos Ergonômicos, Sustentabilidade, Ação ambiental, Inovação e Qualidade, que hoje são fontes inspiradoras de pesquisas, mostram claramente essa tendência de mudança por parte da classe empresarial e das organizações globalizadas. O ser humano e a responsabilidade social, deixaram de ser apenas figuras “românticas” no universo organizacional e passaram a ser temas recorrentes, pontos de destaque e de marca diferencial nas empresas de ponta. A Engenharia de Produção, não poderia ficar a margem desse processo de deslocamento, atualizando-se constantemente para poder fornecer esses requisitos básicos aos componentes do processo produtivo.

Com o objetivo de fornecer possibilidades de atualização de conhecimentos e de divulgação de resultados de pesquisas científicas, a Revista Gestão Industrial traz nesta Edição, 12 (doze) artigos atuais e representativos desse novo paradigma da Engenharia de Produção. Os editores sentem-se honrados em convidar os leitores a discorrerem sobre os temas aqui apresentados.

Prof. Dr. Antonio Augusto de Paula Xavier


2010

v. 6, n. 4 (2010)

 

A Revista Gestão Industrial (RGI) foi agraciada com o “Selo ABEPRO 2010”. O prêmio foi conferido pela Associação Brasileira de Engenharia de Produção (ABEPRO), atendendo à orientação programática do seu Núcleo Editorial, via edital, reconhecendo e atestando a qualidade científica do periódico vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção do Campus Ponta Grossa da Universidade Tecnológica Federal do Paraná.

Com seis anos de ininterrupta circulação e rigorosa periodicidade, a conquista do “Selo” perspectiva voos mais altos para o periódico. Em termos práticos, a chancela de entidade nacional deve possibilitar a elevação do Qualis da RGI para o patamar B3. Este provável avanço classificatório é significativo para a área da Engenharia de Produção. A área de Engenharia de Produção tem um papel menor dentro da área em que está inserida, as Engenharias III. Nenhum periódico nacional da área está inserido nos estratos superiores do Qualis (A1, A2 e B1). Os dois principais periódicos brasileiros da área, a Revista Produção e a Revista Gestão & Produção, estão classificados apenas como B2. Destarte, a possibilidade de mais um periódico classificado nos estratos intermediários do Qualis abre, de forma qualificada, mais uma possibilidade para os pesquisadores da área.

No entanto, apesar de avanços já efetivados como a inserção da RGI na plataforma SEER e o DOI, além da chancela da ABEPRO conquistada com o “Selo”, os desafios que se apresentam são ainda muito grandes. Buscar no médio prazo equiparar-se com as melhores revistas brasileiras da área no Qualis e a indexação em bases como o Scielo são os principiais desafios que devem ser enfrentados imediatamente. Considerando o histórico da RGI, tenho certeza que estes obstáculos serão superados.

Prof. Dr. Luiz Alberto Pilatti

 

v. 6, n. 3 (2010)

Numa era de multiplicidades, sejam elas de pessoas, processos, tecnologias, de produtos, imagens, estratégias ou de organizações, variados pesquisadores se debruçam em busca de conhecimento.

Desde os primórdios a humanidade vê-se provocada a entender e compreender as complexidades de seu contexto social e humano. Esta busca do conhecimento é imprescindível ao homem e torna-se racional com o desenvolvimento de estudos científicos buscando assim explicar fatos presentes na realidade, oriundas do senso comum.

A revista GI aborda os diversos temas estratégicos de variados sistemas produtivos e reforça assim seu caráter interdisciplinar à medida que se propõe a promover um diálogo de saberes.

Nesta edição, a revista GI trata de diferentes temas como competitividade, meio ambiente, gestão da qualidade, sustentabilidade, marketing, benchmarking, planejamento de estoques, inovação, sistema de informação e propriedade intelectual.

Boa leitura!

Prof. Dr. Ivanir Luiz de Oliveira

v. 6, n. 2 (2010)

A Revista GI, em seu sexto ano de funcionamento se consolida como um veículo de comunicação de pesquisas em diversas áreas de avaliação da Capes. Atualmente, a mesma está reconhecida pela instituição que gerencia a pós-graduação no país como veículo de divulgação de pesquisas em 13 áreas. Isto faz com que a revista receba artigos das diversas áreas.

Esta diversidade de temas e áreas de avaliação é comprovada pelos trabalhos publicados no presente número da revista, onde constam artigos de pesquisadores e de centros de pesquisas nos seguintes temas: sistemas de gestão da qualidade, gestão ambiental, melhoria em processos de montagem e de previsão de riscos, planejamento agrícola, avaliação de competências em parcerias público-privadas, modelagem de processos, nível de confiança em estoques e estratégias de customização.

Assim, a edição de mais um número da Revista GI visa contribuir com a fundamentação de idéias, conceitos e estudos que buscam o aprimoramento, a consolidação e a divulgação de pesquisas relevantes nas diversas áreas do saber ao qual estamos inseridos.

Boa leitura!

 Os editores.


1 a 25 de 47 itens     1 2 > >> 


ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr