Atividade experimental como recurso para interação de alunos com transtornos específicos de aprendizagem em Física Moderna e Contemporânea

Eduardo Lemes Monteiro, Paulo Sérgio de Camargo Filho, Marcella Cristyanne Comar Gresczysczyn

Resumo


A aprendizagem é um processo complexo que depende de fatores orgânicos e comportamentais. Dessa forma, conhecer a origem dos distúrbios de aprendizagem que comprometeram a assimilação do conhecimento é importante. Neste trabalho será enfatizada a discussão sobre a dislexia, um distúrbio de aprendizagem a qual acarreta dificuldades no desenvolvimento das habilidades de leitura e escrita. Os alunos disléxicos apresentam peculiaridades no processo de ensino e o professor deve promover práticas pedagógicas adequadas para que esses tenham equidade no processo de ensino. Percebendo a importância da disciplina de Física Moderna no currículo de Física no Ensino Médio, propõe-se neste trabalho uma atividade experimental, confeccionada com materiais de baixo custo, cuja abordagem será o efeito fotoelétrico. Ao trabalhar o experimento, o professor pode incentivar os alunos com dislexia a investigarem o que ocorre no decorrer de sua execução e, por meio de perguntas, levá-los a expressar as suas ideias prévias na tentativa de explicarem o seu funcionamento.

Palavras-chave


Física; Dislexia; Experimento; Efeito fotoelétrico.

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/rbect.v10n1.5715

Direitos autorais 2017 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr