Interação discursiva e argumentação dos alunos no ensino de física

Idmaura Calderaro Martins Galvão, Isabel Cristina de Castro Kondarzewski

Resumo


Este trabalho traz alguns resultados acerca de uma pesquisa de doutorado com o objetivo de investigar a articulação entre o processo de interação discursiva e a formação de argumentos pelos alunos no Ensino de Física. Desenvolvemos o estudo, de cunho qualitativo, com uma turma de alunos da 2ª série do Ensino Médio, em uma escola pública do Estado de São Paulo, na qual a professora da turma é também a pesquisadora. Os dados foram constituídos durante um bimestre, por meio da filmagem das atividades e pela escrita de textos pelos alunos. Para a análise dos dados propomos o conceito de Linha de Raciocínio Argumentativo (LRA), com base no padrão de argumento de Toulmin (2006) e a ideia de Linha de Raciocínio apresentada por Martins e Justi (2017), juntamente com a ferramenta de Mortimer e Scott (2002), referentes aos processos argumentativo e discursivo, respectivamente. Os resultados evidenciaram o uso de conceitos de Física nas LRA, desencadeadas por meio do processo discursivo entre a professora-pesquisadora e os estudantes. Assim, temos indícios que a articulação entre o processo discursivo e argumentativo favoreceu a participação ativa dos alunos no processo de ensino e de aprendizagem de Física, fato que indica a contribuição deste trabalho para as discussões na área do Ensino de Física, referentes ao uso do processo discursivo e argumentativo em sala de aula.


Palavras-chave


Processo discursivo; Argumentação; Ensino de Física

Texto completo:

PDF PDF (English)


DOI: 10.3895/rbect.v%25vn%25i.13677

Direitos autorais 2021 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr