Gestão e Ambiente Organizacional: fatores críticos para implementação de programas kaizen de envolvimento do trabalhador

Larissa Cecília Domingues, Patricia Saltorato, Tiago Fonseca Albuquerque Cavalcanti Sigahi, Alessandra Rachid

Resumo


A partir da década de 80, a literatura acadêmica consagrou a superioridade das técnicas do Sistema Toyota de Produção ou Lean Manufacturing (LM), advogando em prol da possibilidade de sua reprodução em escala global. Contudo, diversos estudos relatam a dificuldade das empresas localizadas fora do Japão em estabelecer tal sistema produtivo. Em vista disso, esse artigo buscou sistematizar os fatores gerenciais críticos para a implementação de programas kaizen de envolvimento do trabalhador. Por meio de análise da literatura, foram identificados 12 fatores relacionados à Gestão (formato, monitoramento e controle dos programas) e sete fatores referentes ao Ambiente Organizacional (criação de espaço adequado para o desenvolvimento dos programas). A principal contribuição deste artigo é a proposição de uma estrutura para a identificação e compreensão dos fatores fundamentais para o sucesso de programas kaizen de envolvimento do trabalhador. Complementarmente, este estudo pode auxiliar empresas que busquem avaliar o nível de aderência organizacional dos seus esforços de melhoria contínua aos valores propostos idealmente pela filosofia do LM.

Palavras-chave


Kaizen; Envolvimento do trabalhador; Programas de sugestão; Sistema Toyota de Produção; Lean Production

Texto completo:

PDF


DOI: 10.3895/gi.v14n4.7727

Direitos autorais 2018 CC-BY

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

ISSN: 1808-0448
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr