Proposta de um modelo estrutural descritivo interpretativo para a análise de testes (questionários) em investigação em ensino

Carlos Eduardo Bittencourt Stange, Marco Antonio Moreira, Jesús Ángel Meneses Villagrá

Resumo


Este estudo constitui parte integrante de pesquisa de Doutorado no Programa Internacional de Doutorado em Ensino de Ciências pela Universidade de Burgos-UBU, Espanha. Com início em 2012 a partir de exercício piloto realizado em estudos de Trabalho de Conclusão de Curso de Graduação em Ciências Biológicas – Licenciatura sobre o uso do blog como ferramenta de ensino em biologia buscou refletir sobre a condição prévia de validade interna e externa em exercícios de aplicação de pré e de pós-testes no ensino de Ciências como possível forma de evidenciar a eficácia de aplicações de propostas metodológicas alternativas de ensino. A base conceitual constitui-se a partir de Moreira (2011) em relação ao conceito de delineamentos de pesquisa, de Vianna (1976) com relação à aplicação de testes em ensino e de Likert (1932) em relação ao conceito e estrutura de escala atitudinal. Esta forma de coleta de dados e de análise referente à estatística descritiva, após o exercício piloto inicial, foi aplicada em Trabalhos de Conclusão de Curso de Graduação em Ciências Biológicas - Licenciatura, de Curso de Pós-Graduação - lato sensu em Docência do Ensino Superior, ambos da Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná, UNICENTRO, em trabalhos de intervenção didática no Programa de Desenvolvimento Educacional do estado do Paraná - PDE e em aplicações nos Episódios de Ensino em investigação pedagógica no Programa de Doutorado já referido.

Palavras-chave


Validação de conteúdos; Investigação em ensino; Escala Likert

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr