A função do professor frente ao aluno com transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH)

Regiane Ferrari Melo Vitorassi, Ricardo dos Santos

Resumo


O artigo propõe a discussão sobre o conceito do Transtorno de Déficit de Atenção/ Hiperatividade (TDAH) e as dificuldades apresentadas no contexto escolar, tanto pelo aluno quanto pelo professor. Entendido como um distúrbio crônico, que geralmente surge na infância e se manifesta por meio da hiperatividade, do distúrbio da atenção, da impulsividade e da agitação, o TDAH pode, muitas vezes, gerar graves problemas como distúrbios emocionais e dissociais de aprendizagem. No entanto, cabe ressaltar que a criança “hiperativa” apresenta esses comportamentos conforme as circunstâncias e a intensidade em que ocorrem. Diante de tais paradigmas observou-se a necessidade em compreender o transtorno e investigar as causas, as consequências na aprendizagem, os tipos de tratamentos e como se dá o ensino e aprendizagem para esse alunado, bem como definir qual a função do professor nesse processo. Este trabalho, portanto, aborda assuntos sobre o TDAH, com base em materiais bibliográficos sobre o transtorno e pesquisa de campo, exploratória, utilizando-se de questionários e entrevista com profissionais da educação e estudo de caso, visando contribuir para o melhor desenvolvimento do ensino e da aprendizagem.


Palavras-chave


hiperatividade; déficit de atenção; ensino e aprendizagem.

Texto completo:

PDF PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr