PROGRAMAS DE PSA NA PRESERVAÇÃO DE RECURSOS HÍDRICOS: Uma proposta de financiamento por meio do marketing ambiental

Sigmar Miranda dos Santos, Guilherme Melluzzi Neto, Paulo Fernando Soares, Célia Regina Granhen Tavares

Resumo


Devido ao crescimento populacional, há consequentemente uma maior pressão sobre os recursos hídricos. Além disso, as mudanças climáticas têm causado situações de estiagem em algumas regiões. Diante de tal situação é necessário adotar medidas estratégicas na gestão das águas. Estudos evidenciam a importância da vegetação ciliar na retenção de água nos aquíferos e diminuição das taxas de assoreamento, o que proporciona vazões mais regulares nos rios, mesmo nos períodos de seca. Além disso, essa vegetação também contribui para uma água de melhor qualidade. Atualmente, os programas de Pagamento por Serviços Ambientais (PSA) têm se mostrado instrumentos eficazes na proteção e recuperação dessas zonas, no entanto, a quantidade de programas como estes ainda é pouco expressiva. Em razão disso, o presente artigo tem como objetivo apresentar uma proposta para a captação de recursos financeiros para financiar e criar novos programas PSA. A solução apresentada utiliza o marketing ambiental, por meio do qual, empresas interessadas investiriam em tais programas.

Palavras-chave


pagamento por serviços ambientais; marketing ambiental; gestão de recursos hídricos

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr