Editorial

André Sandmann

Resumo


Sabe-se que o ensino da disciplina de matemática é sempre tido como objeto central nas discussões em instituições responsáveis pelo ensino fundamental, médio e em cursos de Licenciatura em Matemática, em todo o país. Sabe-se também, que existe uma grande preocupação com a melhoria do ensino da Matemática, pois é na Matemática que se evidencia uma grande aversão por parte dos que com ela se defrontam; além disso, existe um agravante de domínios de conteúdos que a tempos preocupam os pesquisadores e professores da área, todavia não se coloca em desconfiança sua necessidade e importância no processo educativo. Uma vez que a Matemática desempenha papel fundamental no desenvolvimento global do ser humano, principalmente no que tange o raciocínio lógico-matemático, e este proporciona uma melhor compreensão do mundo e da sociedade para o indivíduo. Além de ser um componente primordial na construção da cidadania, pois estamos constantemente ligados ao mundo matemático. Numa sociedade que, a cada dia, torna-se mais complexa, constitui uma questão de sobrevivência, pois exige constantemente novos padrões de produtividades, que dependem cada vez mais de conhecimentos matemáticos (como: saber calcular, raciocinar, argumentar, tratar informações estatisticamente etc.). Segundo dados oficiais, temos conhecimento que a disciplina de matemática é uma das precursoras em retenções e motivo de exclusão de parte dos alunos das escolas. Esta exclusão torna-se um fator preocupante quando se percebe que reflete além da escola, também impacta em toda a sociedade. Isto ocorre numa época em que os alunos são selecionados pelas matemáticas e em que os números ‘governam o mundo’. Conhecer os diferentes tempos e acontecimentos do processo de ensino da matemática e discutir suas diferentes abordagens teóricas e sua função social são fundamentais na formação de professores/as, pois, o desempenho escolar – sucesso ou fracasso dos que estudam nas escolas – depende, ainda, dos processos de qualificação docente colocados em curso. Qualificar os docentes do ensino básico e superior e propiciar o aprofundamento do conhecimento em Matemática é tarefa obrigatória das universidades formadoras. Com esta compreensão o Departamento de Matemática e Estatística da UTFPR proporcionou esta modalidade educativa, que visou ampliar e aprofundar os conhecimentos de Matemática adquiridos nos cursos de graduação e de uma política de formação continuada docente relacionada ao tratamento com a educação matemática. Deste modo, este curso propiciou a qualificação em Matemática para o ensino básico e superior, mediante propostas curriculares voltadas à melhoria do desempenho docente. As pesquisas apresentadas nesta edição da Revista Inovação e Tecnologia são resultado das pesquisas desenvolvidas no curso.


Palavras-chave


matemática aplicada; educação matemática; análise numérica

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr