O diálogo no processo de ensino e aprendizagem de acordo com Paulo Freire e Lev Vygotsky

Izabel Cristina Micheline Pizani, Rogério Eduardo Cunha de Oliveira

Resumo


Esta pesquisa tem por objetivo identificar, analisar e discutir os pontos de aproximação entre as teorias de Paulo Freire e Lev Vygotsky relacionadas ao diálogo no processo de ensino e aprendizagem. A metodologia utilizada foi a coleta de dados partindo da leitura de livros dos autores citados, assim como de outros autores relacionados ao tema. A partir da leitura, elaborou-se duas subseções que discorreram sobre vida e concepção dos autores; foram identificados e analisados os pontos de convergências entre as duas teorias. Como resultado, puderam ser identificados pontos de aproximação entre as teorias freireana e a teoria vygotskyana, no que diz respeito à importância do diálogo no processo de ensino e aprendizagem. Por meio da pesquisa pode-se afirmar como fundamental a presença do diálogo no processo de ensino e aprendizagem nas abordagens dos autores Paulo Freire, que vê no diálogo a oportunidade de libertação dos oprimidos e opressores, e Lev Vygotsky que vê na linguagem e pensamento a possibilidade do desenvolvimento e da aprendizagem. Desta forma essa pesquisa pode auxiliar a desenvolver uma pedagogia dialética, onde educandos e educadores tenham a oportunidade de se tornarem participantes da transformação de uma sociedade mais justa e igualitária. 


Palavras-chave


aproximação; linguagem e pensamento; mediação; pedagogia dialética; problematização

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr