A mídia digital no ensino de química: o uso do celular como ferramenta pedagógica, para o conteúdo modelos atômicos

Jéssica Zanquetti dos Prazeres, Marlene Magnoni Bortoli

Resumo


Acompanhar as mudanças tecnológicas, ou melhor, estar atualizado se transformou em uma árdua tarefa, pois constantemente são descobertos aparelhos ou técnicas que facilitam a vida das pessoas. Na educação o desafio é trazer a tecnologia para a sala de aula, no entanto, são vários os aspectos a serem analisados onde a primeira barreira é a dificuldade encontrada pelos professores para utilizarem as tecnologias disponibilizadas. Por outro lado, os alunos em sua maioria querem aulas diferenciadas e maior uso de tecnologias, mas percebe-se uma falta de maturidade ao utilizar determinadas tecnologias, como por exemplo, o celular, que por sua vez, é uma ferramenta pedagógica importantíssima que deveria ser utilizada em sala de aula. O artigo traz estas concepções destacando o aperfeiçoamento ou atualização dos professores quanto às tecnologias em sala de aula e o uso do celular de forma pedagógica com os alunos, ensinando-os a ter maturidade quanto ao uso do celular. Através de um questionário aplicado a alunos do 1º ano do ensino médio, pode-se constatar o que eles pensam a respeito do uso dos celulares em sala e também sobre as aulas de química.


Palavras-chave


Tecnologia; Metodologia; Motivação.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr