Aprendizagem organizacional e o desenvolvimento cognitivo da organização

Hugo Pereira de Jesus Jr

Resumo


Este trabalho teve como objetivo investigar as ações que produzem aprendizado no interior organizacional. Verificou ainda que tais ações não são realizadas pelas organizações, mas pelos membros individuais que a compõe e se por um lado as organizações não possuem cérebro, por outro lado elas possuem sistemas cognitivos, memórias e desenvolvem rotinas e procedimentos relativamente padronizados para lidar com problemas internos e externos. Apoiando-se na Teoria dos Estilos de Aprendizagem, Teoria da Aprendizagem Significativa, Teoria Sócio-Interacionista, Teoria da Criação do Conhecimento e na compreensão das Estruturas Cognitivas e de Memória Organizacional, proposta por Fleury e Fleury (2001) este trabalho buscou compreender as diferentes maneiras pelas quais as organizações efetivamente criam, convertem, registram e transmitem conhecimento.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr