Situação sociolinguística, cultural e étnica da Guiné-Bissau e suas implicações

Rachido Djau

Resumo


        O presente trabalho visa apresentar questões relacionadas com a situação sociolinguística da Guiné-Bissau e suas implicações, passando desde a constituição da identidade do sujeito guineense, interferindo no seu cotidiano, nas suas relações interpessoais, no seu desenvolvimento psicossocial, educacional, etc., porque o sujeito guineense esta constantemente se construindo e reconstruindo perante os desafios (sociolinguístico, cultural e étnico) que o circundam.

Por decisão meramente política de estabelecer a língua portuguesa como língua oficial do país, a sua situação agravou-se mais, desencadeando conflitos, preconceitos linguístico, criando hierarquia de status (fixação de lugares hierárquicos definidos nas relações sociais), excluindo os que não são alfabetizados em língua portuguesa e nem a dominam. 

 




Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr