Análise do uso do solo de microbacias do rio Melissa utilizando classificação digital de imagem do uso do solo

Clóvis Júnior Cechim

Resumo


O crescimento populacional e o desenvolvimento acelerado fazem com que o uso dos recursos naturais, seja cada vez mais necessário. Com esta preocupação o planejamento do uso e ocupação do solo em bacias hidrográficas se torna indispensável, e por meio da utilização de geotecnologias com os Sistemas de Informações Geográficas (SIG), é possível o desenvolvimento de métodos para avaliar os aspectos e os impactos ambientais provenientes de atividades antrópicas. Este trabalho teve como objetivo avaliar e caracterizar o uso do solo da bacia hidrográfica do município de Corbélia, a partir de técnicas de classificação digital de imagem. Para a quantificação das classes de uso do solo foi usado a imagem da região proveniente do Google earth, 2010 a base cartográfica da Companhia de Saneamento do Estado do Paraná (SANEPAR) e o SIG SPRING para o processamento dos dados. Os resultados evidenciaram que na bacia há predominância de áreas cultivadas com 56% e que as áreas urbanizadas representam a menor proporção de uso do solo com 11%. As técnicas de classificação utilizadas demonstraram eficiência quanto a geração do mapeamento de classes do solo, o que permite a tomada de decisão a nível de bacias hidrográficas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr