“Memórias póstumas de brás cubas” x “Memórias póstumas”: uma análise intersemiótica do romance e do filme

Lenilton Damião da Silva Junior

Resumo


O trabalho intitulado “Memórias Póstumas de Brás Cubas” X “Memórias Póstumas”: Uma Análise Intersemiótica do Romance e do Filme, objetiva analisar que tipo de tratamento foi dado ao romance de Machado de Assis, intitulado “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, no momento de sua adaptação para o cinema. Para desenvolver esta análise baseamo-nos nos pressupostos teóricos sobre intertextualidade e literatura no cinema de João Batista de Brito (2006), Paulino et al. (1995), Gomes apud Cândido et al. (2004) e Pellegrini et al. (2003). Baseamo-nos, também, no filme “Memórias Póstumas”, adaptado por André Klotzel e, no romance “Memórias Póstumas de Brás Cubas”, de Machado de Assis. 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr