A lei 11.645/08 no PPP e PPC do 4º e 5º anos da rede de ensino fundamental de Umuarama

Edivaldo Alves Siqueira, Elizandra Sehn

Resumo


O processo de implementação da Lei 11.645/2008 tornou obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e indígena, como conteúdos a serem inseridos em todas as disciplinas do currículo escolar, bem como, discussões pertinentes à educação das relações étnico-raciais. Desta forma, o presente artigo propõe analisar como é trabalhada a temática no projeto PPP e na PPC de História das escolas municipais de Umuarama especificamente à questão Indígena. A metodologia constitui-se de pesquisa documental, na análise documental do PPP e PPC para ensino de História do 4º e 5º ano relativo ao 2º ciclo do ensino fundamental. Após a leitura e análise dos documentos, a saber: apresentação do PPP; abordagem dos conteúdos da PPC; objetivos; metodologia e avaliação; Após realizar a análise verificou-se além de poucas contribuições no que diz respeito à Lei 11.645/08 especificamente ao Ensino da História e Cultura Indígena abrangendo a Educação das Relações Étnico-Raciais com vistas a combater o preconceito racial, a valorização da diversidade cultural e o respeito às diferenças, também se constataram a padronização e semelhança entre as escolas de seu PPC.          


Palavras-chave


Lei 11.645/08; Projeto político pedagógico; Multiculturalismo; diversidade.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr