Ênfase no geoprocessamento de um sistema de informações para apoio à gestão em dengue, chikungunya e zika

Murillo Douglas Oliveira Machado, Claudia Brandelero Rizzi, Rogério Luis Rizzi, Alysson Nathan Girotto, Guilherme de Oliveira Felipe

Resumo


Dengue, Chikungunya e Zika são doenças que acometem indivíduos na maioria dos municípios brasileiros. As campanhas de conscientização, programas e projetos para controle dos vetores Aedes Aegypti e Aedes Albopictus, bem como para o acompanhamento dos doentes, requerem não apenas investimentos financeiros, mas de pessoal e logística. Um Sistema de Informações Geográficas pode contribuir significativamente no apoio às decisões operacionais e às políticas municipais no que se refere a estas questões. É neste contexto que o SIGAEDES e suas diversas funcionalidades, como o acompanhamento de casos suspeitos e a obtenção de relatórios sobre atividades de campo, pode contribuir. Neste artigo ênfase é dada ao processo de georreferenciamento disponibilizado no Sistema e são apresentadas duas de suas aplicações, o Reconhecimento Geográfico e o Raio, atividades que utilizam informações georreferenciadas para auxiliar e otimizar o trabalho de gestores e agentes, resultando em maior qualidade e eficiência na realização das atividades.


Palavras-chave


sistema de informações geográficas, gestão da dengue, chikungunya e da Zika, SIGAEDES.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2017 CC-BY-NC

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

 

 
ft_peri

Av. Sete de Setembro, 3165 - Rebouças CEP 80230-901 - Curitiba - PR - Brasil

logo_utfpr